Seca causou queda da civilização Maia

Categoria: Informações Escreva um comentário »

Seca causou queda da civilização maia

São Paulo – Um estudo feito por uma equipe de pesquisadores do México e Reino Unido revelou que um grande período de seca foi o responsável pelo fim da civilização maia. A pesquisa foi publicada no site da revista Science.

Durante cerca de 100 anos, pesquisadores apontaram o colapso da civilização com as mudanças climáticas, principalmente com a seca. Porém, não havia nenhuma estimativa detalhada sobre a intensidade dessa seca. Os arqueólogos também consideraram diversos fatores para o colapso, o que inclui rivalidades políticas internas e guerras entre os reis vizinhos.

A nova pesquisa indica uma estimativa mais detalhada a partir de da análise de rochas e lagos atuais. Segundo o que foi concluído pelos cientistas, a queda dos Maias está relacionada à diminuição do número de tempestades na região durante o verão. No ápice do colapso da civilização, entre os anos 800 e 1000 d.C, houve uma redução no volume de chuva.

Foi possível verificar a mudança climática no período quando os pesquisadores conseguiram analisar grutas e lagos rasos da Península de Yucatán, no sudeste do México. Apesar de a redução representar de 25% a 40% do total anual de chuva no período, trata-se de uma diminuição suficiente para que a evaporação fosse maior do que os níveis pluviométricos.

Os Maias utilizavam o verão como a estação de maior cultivo e produção agrícula, bem como para reabastecer reservatórios. Além disso, nas terras baixas de Yucatán não existem rios.

Suspeita-se que essa seca foi recorrente durante anos. Mesmo assim, Lisa Lucero, especialista em civilização maia da Universidade de Illinois, considera ultrapassado pensar que só a seca causou o colapso maia. Segundo Lucero, uma série de outros acontecimentos sociais e políticos levaram ao desaparecimento dos reis e da queda de sua civilização.

Fonte: Info Ciência


Tags: , , , , , ,

Deixe um comentário