Posts Tagged 'estrela'

Estrela tem raios gama com 100 bilhões de eV

Categoria: Notícias Escreva um comentário »

Estrela tem raios gama com 100 bilhões de eV

São Paulo- Astrônomos detectaram uma quantidade inédito de raios gama sendo emitida de uma das mais estudadas estrelas do céu: 100 bilhões de elétron-volts (eV).

A nebulosa Caranguejo, a 6.500 anos-luz da Terra, é um grande aglomerado de gás que se estende por mais de 10 anos-luz. Em seu centro está um pulsar, uma estrela de nêutrons que morreu e liberou o gás da nebulosa.

Este pulsar gira muito rápido, mais de 30 vezes por segundo, e, embora seja milhares de vezes menor do que o Sol, possui cerca de 100 mil vezes a sua massa. A densidade, o giro rápido e o forte magnetismo desses corpos faz com que liberem grandes quantidades de raios-gama – uma forma de radiação eletromagnética de grande energia.

Tais raios possuem energia variando de um milhão a muitos trilhões de elétron volts. Para efeito de comparação, a energia da luz visível é de um elétron volt. Nunca havia se detectado em um pulsar raios com mais energia do que 25 bilhões de elétron volts – até agora. O que os pesquisadores da IowaState University, nos Estados Unidos, encontraram, foram raios ultrapassando 100 bilhões.

Continuar lendo »


Tags: , , , , ,

Estrela destrói planeta a 880 anos-luz

Categoria: Notícias Escreva um comentário »

Estrela destrói planeta a 880 anos-luz

Ilustração mostra, am azul, material do planeta sendo retirado pelos intensos raios-X

São Paulo- A 880 anos-luz da Terra, uma estrela está destruindo um dos planetas que orbitam ao seu redor bombardeando-o com raios-X tão fortes que retiram toneladas de sua massa.

Curiosamente, a culpa da destruição seria do próprio planeta, que se aproximou demais do astro.

O corpo, chamado de CoRoT 2b, possui  cerca de três vezes a massa de Júpiter e orbita a estrela CoRoT-2a a apenas 3% da distância que a Terra orbita o Sol. A radiação que recebe é, portanto, muito intensa: dados do telescópio Chandra, da Nasa, mostram que os raios-X da estrela estão evaporando cerca de 5 toneladas de material do planeta a cada segundo.

A intensidade dessa radiação é consequência de um campo magnético muito turbulento, o que é um fato bastante incomum, visto normalmente em estrelas mais jovens. Uma explicação seria a proximidade do planeta, que estaria acelerando a rotação da estrela e mantendo mais ativo seu campo.

Embora as análises recentes dos raios-X no planeta tenham sido feitas pela Nasa, o CoRoT-2b foi descoberto pelo satélite francês Convection, Rotation and planetary Transits (CoRoT)

Fonte: Info Ciência


Tags: , , , ,

Hubble flagra estrela ‘devorando’ planeta

Categoria: Notícias Escreva um comentário »

Hubble flagra estrela “devorando” planeta

Concepção artística mostra estrela absorvendo matéria do planeta WASP-12b, o mais quente conhecido na Via Láctea

O telescópio Hubble registrou o início do “jantar” de uma estrela na Via Láctea. O prato: o planeta mais quente conhecido na nossa galáxia. Contudo, a refeição não deve ser rápida – os cientistas da Nasa, a agência espacial americana, estimam que vai demorar ainda cerca de 10 milhões de anos até que o planeta WASP-12b seja completamente devorado por sua estrela, a WASP-12.

O planeta está tão próximo de sua estrela que a temperatura nele passa dos 1,5 mil °C e sua forma lembra uma bola de futebol americano. Com uma massa 40% maior que a de Júpiter, o WASP-12b teve sua atmosfera inchada pela ação do calor e está jogando material na estrela.

Segundo a Nasa, a troca de matéria entre dois corpos celestes é comum em um sistema binário, mas é a primeira vez que isso é registrado tão claramente acontecendo com um planeta. “Nós vemos uma grande nuvem de matéria ao redor do planeta, a qual está escapando e será capturada pela estrela. Nós temos também elementos químicos nunca antes vistos em planetas fora do nosso sistema solar”, diz Carole Haswell, da Universidade Open, que liderou os astrônomos. Entre os elementos que a cientista afirma que são absorvidos, estão alumínio, estanho e manganês.

Ainda de acordo com a Nasa, Shu-lin Li, da Universidade de Pequim, já havia teorizado em um artigo que a força gravitacional da estrela havia distorcido a forma do planeta e ele estava tão quente que sua atmosfera havia sido expandida. As observações feitas pelo Hubble confirmam essa teoria, diz a agência espacial.

Fonte: Terra


Tags: , , , , , , ,

Estrela causa explosão de raios e surpreende astrônomos

Categoria: Notícias Escreva um comentário »

O sistema binário surpreendeu os astrônomos ao começar a emitir raios gama

Um time de astrônomos descobriu que uma ‘nova’ – uma explosão que ocorre na morte de alguns tipos de estrelas – pode emitir as mais poderosas energias gama conhecidas na natureza. A descoberta é surpreendente, já que não foi previsto anteriormente que as novas poderiam resultar nessa explosão de raios, ao contrário das brilhantes supernovas (explosões que ocorrem no final da vida de uma estrela massiva). As informações são do site da BBC.

As primeiras observações que indicavam estes dados foram feitas por amadores e agora confirmadas por registros do telescópio Fermi – que detecta raios gama. A descoberta vai contra teorias de como as estrelas evoluem e morrem. O estudo foi publicado no jornal especializado Science.

Estrelas maiores costumam morrer com uma gigantesca explosão conhecida como supernova, a qual gera um grande e rápido movimento de partículas em grandes campos magnéticos. A colisão dessas partículas com outras matérias causa os raios gama – a mais enérgica forma da luz.

Continuar lendo »


Tags: , , , , , ,