Posts Tagged 'Nasa'

Atividade solar está abaixo do previsto para 2013

Categoria: Notícias Escreva um comentário »

São Paulo – A Nasa anunciou que a atividade do Sol em 2013 está abaixo do previsto. Este ano é considerado o período de pico do Sol, mas a movimentação continua fraca.
O Sol tem ciclos de atividade de aproximadamente 11 anos, com períodos mais intensos. O auge desse ciclo acontece agora, em 2013. Por isso, muitos países já começaram a buscar maneiras de se preparar para uma grande tempestade solar.
As tempestades solares acontecem por causa das manchas solares, regiões onde há uma redução de temperatura e pressão das massas gasosas no Sol, relacionadas ao seu campo magnético. Quando atingem a Terra, as tempestades podem causar danos em equipamentos eletrônicos, como satélites, GPS, além de transformadores e linhas de transmissão de alta tensão, por exemplo.
A Nasa está espantada porque a atividade do Sol em 2013 está abaixo do previsto pelos astrônomos. As manchas solares, que costumam aumentar de volume durante o pico de atividade do Sol, estão aquém dos valores registrados em 2011. Além disso, as fortes explosões na camada mais externa do Sol estão pouco frequentes.
O Observatório Solar Dinâmico (SDO) é o responsável por monitorar as movimentações no Sol. Ele fotografou algumas pequenas manchas em uma região que costuma ficar cheia de pontos escuros durante os picos de atividade.

 Apesar de a atividade do Sol ser considerada baixa, uma grande erupção solar lançou um fluxo de radiação em direção a Marte. A Nasa optou por desligar o Curiosity temporariamente para evitar danos no jipe-robô.

Fonte: Infociência


Tags: , , , ,

Asteroide passará muito perto da Terra

Categoria: Notícias Escreva um comentário »

São Paulo – A Nasa anunciou que um asteroide passará muito próximo da Terra no dia 15 de fevereiro. No entanto, não existe possibilidade do corpo celeste atingir o planeta.

O asteroide, batizado de 2012 DA14, tem 45 metros de largura e vai passar a uma distância de 27,7 mil quilômetros da Terra. Essa distância é menor do que a mantida por satélites de comunicação na órbita terrestre.

Se o 2012 DA14 estivesse em rota de colisão com a Terra, ele produziria um impacto equivalente a 2.5 megatons de TNT, ou seja, o mesmo efeito de uma bomba atômica. Por isso, os cientistas acreditam que o impacto seria capaz de destruir uma grande cidade como Londres.

Apesar dos possíveis efeitos e da proximidade, os cientistas explicam que não há motivos para ter medo. Isso porque os cálculos sobre o trajeto do asteroide foram feitos pela Nasa com precisão. Os pesquisadores afirmam que não existe nenhuma chance de o asteroide colidir com a Terra. O máximo que pode acontecer é um impacto da rocha com algum satélite ou veículo espacial.

Continuar lendo »


Tags: , , , ,

Nasa teme suicídios e nega o fim do mundo

Categoria: Notícias 2 Comentários »

São Paulo – A Nasa não para de receber cartas de pessoas preocupadas com o fim do mundo em 21 de dezembro de 2012. Por isso, os cientistas fizeram uma conferência online na quarta-feira (28) para acalmar a população mundial e evitar suicídios quando a data chegar.

Além da recente conferência, a Nasa toca uma página na internet onde cientistas respondem as perguntas de internautas e desmentem que haja indícios de que um fim do mundo esteja próximo. Dr. David Morrison, cientista Sênior do Instituto de Astrobiologia da Nasa, é o responsável por responder muitas questões.

Segundo a BBC, o cientista conta que muitas pessoas pensam em suicídio. Ele mencionou um casal que teria manifestado a intenção de matar até os filhos para que eles não presenciassem o apocalipse. Morrison destacou também estar preocupado com crianças que escrevem porque estão com medo e não conseguem dormir ou comer.

>> Por que as pessoas creem no fim do mundo?

Morrison já responde as perguntas de internautas preocupados com o fim do mundo há mais de cinco anos. Apesar disso, ele conta que recebe ao menos 5 e-mails por dia que o perguntam se o mundo vai mesmo acabar em dezembro. Para ele, o que é piada para muitos e um mistério para outros tem preocupado muita gente. Por isso, a Nasa tem o cuidado de ajudar a população.

Calendário maia - Um dos rumores mais difundidos atualmente justifica a crença de que o mundo acabará no dia 21 de dezembro por ser a última data do calendário da civilização maia. O calendário Tzolkin, um dos 20 cálculos de tempo usados pelos maias, afirma que 2012 põe um fim ao que chamam de “a conta longa”, um ciclo de tempo que começou em 3113 a.C.

Continuar lendo »


Tags: , , , ,

Aos 82, morre Neil Armstrong, o primeiro a pisar na lua.

Categoria: Notícias Escreva um comentário »

São Paulo – De acordo com a rede NBC, Neil Armstrong, o primeiro astronauta a pisar na Lua morreu hoje, aos 82 anos de idade.

O comandante de missão Apollo 11, que completou 82 anos em 5 de agosto, passou por uma cirurgia do coração há poucas semanas. Armstrong foi encaminhado à cirurgia após ter falhado em testes de estresse.

O astronauta americano entrou para a história em 20 de julho de 1969 ao dar os primeiros passos na Lua, de onde transmitiu a mensagem “Um pequeno passo para um homem, mas um grande salto para a humanidade”.

A viagem da Apollo 11 foi a última de Armstrong. Nos anos seguintes à missão, o astronauta foi colocado em uma mesa, no cargo de administrador aeronáutico do escritório de pesquisa e tecnologia avançada da NASA. Um ano depois ele deixou a instituição para se tornar professor de engenharia na universidade de Cincinnati.

Armstrong e sua esposa Carol viviam em Cincinnati, no subúrbio de Indian Hill. Nos últimos anos, o casal praticamente não era visto em público. Em maio, Armstrong se juntou a Gene Gernan, o último astronauta a pisar na Lua, para a abertura da Academia Nacional de Aviação, na Flórida.

Fonte: Info Ciência


Tags: , , ,

7 Fotos coloridas de Marte feitas pelo Curiosity

Categoria: Notícias 2 Comentários »

O jipe-robô Curiosity, da Nasa, pousou em Marte em 6 de agosto. Pouco tempo após a aterrissagem, ele já começou a trabalhar e enviou imagens para a central de controle da Nasa, em Pasadena, na Califórnia, nos Estados Unidos.

As primeiras fotos estavam em preto e branco e com baixa resolução. Por isso, elas foram muito criticadas pelo público. Alguns dias após o começo de sua missão, o Curiosity já começou a enviar imagens do planeta vermelho em alta resolução.

Essa fotografia, por exemplo, mostra parte da Cratera Gale. Curiosity já pousou nesse local e ficará por lá até o final de sua missão, que deve demorar dois anos.

Fonte: Exame Info


Tags: , , ,

Nasa fotografa aurora boreal nos EUA

Categoria: Notícias Escreva um comentário »

São Paulo – A Nasa divulgou uma fotografia da aurora boreal que atinge os EUA desde sábado (16). O efeito é resultado de uma forte tempestade solar que alcançou a Terra.

A imagem foi feita por um visitante europeu no Badlands National Park, na Dakota do Sul. A Nasa também divulgou outra foto de Jeff Berkes capturada em Maryland, na região nordeste do país.

A aurora boreal é causada pelos ventos solares, os quais carregam as partículas elétricas liberadas nas explosões solares. Quando atingem o campo magnético da Terra, algumas dessas partículas ficam retidas, o que provoca a intensa luminosidade no céu.

O efeito dessa aurora boreal é resultado da combinação de duas ejeções de massa coronal do Sol. São elas as responsáveis por conduzir partículas solares energizadas em direção à Terra em uma velocidade que pode alcançar 200 km/s.

Fonte: Info Ciência


Tags: , , ,

Colisão vai por fim a Via Láctea em 4 bi de anos

Categoria: Informações 1 Comentário »

São Paulo – Um estudo feito com ajuda do Telescópio Hubble, da Nasa, descobriu que em quatro bilhões de anos, a Via Láctea deixará de existir. Segundo os cientistas, outra galáxia irá colidir com a nossa.

Essa galáxia, a Andrômeda, tem o mesmo tamanho da Via Láctea e está a 2,5 milhões de anos-luz de distância. Isso a torna a galáxia mais próxima da nossa. Acontece que ela caminha para uma inevitável colisão frontal com a Via Láctea.

Nos dois bilhões de anos seguintes após a batida, uma única galáxia será formada. Essa colisão entre a Via Láctea e Andrômeda deve ejetar o Sistema Solar para fora da posição atual, a 26.000 anos-luz do centro da galáxia. Com isso, o Sol pode ir para bem longe da Via Láctea. Porém, a Terra não está em perigo, segundo a Nasa.

Quando essa colisão acontecer, um novo corpo galáctico irá surgir a partir da união de Andrômeda com a Via Láctea. Segundo cálculos astronômicos, essa nova galáxia terá forma elíptica, ao invés do atual formato espiral da Via Láctea.

Continuar lendo »


Tags: , , , ,

Fotógrafo retrata intensificação da aurora boreal

Categoria: Notícias Escreva um comentário »

A aurora boreal, fenômeno luminoso que ocorre no pólo Norte, geralmente na época dos equinócios, está se intensificando desde 2007 e deve atingir o ápice de luminosidade em 2012, segundo a Nasa – a agência espacial americana.

Fotógrafo retrata intensificação da aurora boreal

Fotógrafo islandês Orvar Thorgiersson está registrando a evolução do fenômeno aurora boreal

O fenômeno é causado pelos ventos solares que carregam um fluxo contínuo de partículas elétricas liberadas pelas explosões que ocorrem na superfície do Sol. Quando estas partículas atingem os campos magnéticos da Terra algumas ficam retidas provocando a luminosidade intensa pela liberação de energia ocorrida com a colisão destas partículas com as moléculas e átomos presentes na atmosfera.

O fotógrafo islandês Orvar Thorgiersson, 35, está registrando a evolução do fenômeno. “Agora há dias em que as luzes são tão claras que você pode ler um livro à noite. Elas são mais claras que a lua”, diz.

O evento será causado pelo máximo solar, período em que o campo magnético no equador do sol roda num ritmo ligeiramente superior ao dos seus pólos. O ciclo solar leva em média 11 anos entre um máximo solar e o outro. O último máximo solar ocorreu em 2000. Segundo a Nasa, o próximo, que ocorrerá em 2012, deve ser o maior desde 1958, quando a aurora boreal surpreendeu os habitantes do México com três ocorrências.

Em 2012, espera-se que as luzes da aurora possam ser vistas até a latitude de Roma. No entanto, caso seja de fato tão intenso, o fenômeno poderá causar problemas a telefones celulares e sistemas de GPS pela liberação de energia num grau mais elevado.

Fonte: Terra Ciências


Tags: , , , , ,

Antimatéria é produzida durante tempestade

Categoria: Notícias Escreva um comentário »

Instrumentos a bordo de telescópio da NASA detectam um fenômeno inédito: a produção de antimatéria sobre trovoadas na Terra.

Antimatéria é produzida durante tempestade

Simulação em computador mostra raios gama que darão origem às partículas de antimatéria

A detecção foi feita com o Fermi Gamma-ray Space Telescope e pode ajudar a esclarecer alguns dos segredos dessas partículas, que permanece um dos maiores mistérios da ciência.

Por definição, a antimatéria é idêntica à matéria, a não ser pelo fato de possuir carga oposta.  Por isso, as duas se aniquilam quando entram em contato uma com a outra.

Segundo todos os cálculos astronômicos, no momento do Big Bang (a grande explosão que, de acordo com as teorias mais aceitas, deu origem ao Universo) matéria e antimatéria devem ter se formado em quantidades equivalentes. No entanto, enquanto conseguimos perceber que nosso mundo é feito de matéria, a antimatéria parece ter desaparecido.

Continuar lendo »


Tags: , , , , ,

Amadores registram colisões de cometas em Júpiter

Categoria: Notícias Escreva um comentário »

A Nasa – a agência espacial americana – divulgou em Setembro duas imagens registradas por astrônomos amadores de cometas atingindo o planeta Júpiter. As imagens foram registradas em junho e agosto e mostram bolas de fogo criadas pela colisão dos objetos no gigantesco planeta gasoso. As informações são da agência AP.

Amadores registraram momento em que cometas atingiram o planeta gigante

Segundo a agência, a imagem da esquerda foi registrada por Anthony Wesley, morador de Broken Hill, na Austrália, em 3 de junho. Ele utilizou um telescópio de 37 cm. A bola de fogo aparece na direita do planeta como um pequeno ponto.

O segundo registro foi feito por Masayuki Tachikawa, de Kumamoto, no Japão, em 20 de agosto. A colisão aparece na região superior direita, próxima ao centro de Júpiter.

Fonte: Terra Notícias


Tags: , , , , ,