Posts Tagged 'radiação'

Atividade solar está abaixo do previsto para 2013

Categoria: Notícias Escreva um comentário »

São Paulo – A Nasa anunciou que a atividade do Sol em 2013 está abaixo do previsto. Este ano é considerado o período de pico do Sol, mas a movimentação continua fraca.
O Sol tem ciclos de atividade de aproximadamente 11 anos, com períodos mais intensos. O auge desse ciclo acontece agora, em 2013. Por isso, muitos países já começaram a buscar maneiras de se preparar para uma grande tempestade solar.
As tempestades solares acontecem por causa das manchas solares, regiões onde há uma redução de temperatura e pressão das massas gasosas no Sol, relacionadas ao seu campo magnético. Quando atingem a Terra, as tempestades podem causar danos em equipamentos eletrônicos, como satélites, GPS, além de transformadores e linhas de transmissão de alta tensão, por exemplo.
A Nasa está espantada porque a atividade do Sol em 2013 está abaixo do previsto pelos astrônomos. As manchas solares, que costumam aumentar de volume durante o pico de atividade do Sol, estão aquém dos valores registrados em 2011. Além disso, as fortes explosões na camada mais externa do Sol estão pouco frequentes.
O Observatório Solar Dinâmico (SDO) é o responsável por monitorar as movimentações no Sol. Ele fotografou algumas pequenas manchas em uma região que costuma ficar cheia de pontos escuros durante os picos de atividade.

 Apesar de a atividade do Sol ser considerada baixa, uma grande erupção solar lançou um fluxo de radiação em direção a Marte. A Nasa optou por desligar o Curiosity temporariamente para evitar danos no jipe-robô.

Fonte: Infociência


Tags: , , , ,

Estrela destrói planeta a 880 anos-luz

Categoria: Notícias Escreva um comentário »

Estrela destrói planeta a 880 anos-luz

Ilustração mostra, am azul, material do planeta sendo retirado pelos intensos raios-X

São Paulo- A 880 anos-luz da Terra, uma estrela está destruindo um dos planetas que orbitam ao seu redor bombardeando-o com raios-X tão fortes que retiram toneladas de sua massa.

Curiosamente, a culpa da destruição seria do próprio planeta, que se aproximou demais do astro.

O corpo, chamado de CoRoT 2b, possui  cerca de três vezes a massa de Júpiter e orbita a estrela CoRoT-2a a apenas 3% da distância que a Terra orbita o Sol. A radiação que recebe é, portanto, muito intensa: dados do telescópio Chandra, da Nasa, mostram que os raios-X da estrela estão evaporando cerca de 5 toneladas de material do planeta a cada segundo.

A intensidade dessa radiação é consequência de um campo magnético muito turbulento, o que é um fato bastante incomum, visto normalmente em estrelas mais jovens. Uma explicação seria a proximidade do planeta, que estaria acelerando a rotação da estrela e mantendo mais ativo seu campo.

Embora as análises recentes dos raios-X no planeta tenham sido feitas pela Nasa, o CoRoT-2b foi descoberto pelo satélite francês Convection, Rotation and planetary Transits (CoRoT)

Fonte: Info Ciência


Tags: , , , ,

Ventos solares afetam a Terra

Categoria: Notícias Escreva um comentário »

Na fase de calmaria do ciclo do Sol, quando suas manchas praticamente desaparecem, a Terra deixa de ser atingida por grandes fluxos de energia.

Quer dizer, era nisso que cientistas acreditavam até descobrirem que ventos solares que carregam grandes quantidades de radiação continuam agindo quando as manchas praticamente desaparecem – e explicam porque o planeta foi bombardeado durantes períodos considerados calmos do astro.

As manchas solares são áreas de campos magnéticos concentrados, e aparecem como borrões escuros nas imagens feitas da superfície do Sol. Por séculos, elas forma usadas para determinar o ciclo aproximado de 11 anos do astro que, em seu máximo, fica repleto de pontos escuros.

Continuar lendo »


Tags: , , , , ,