Posts Tagged 'telescópio'

Astrônomo amador fotografa bolha no espaço

Categoria: Notícias Escreva um comentário »

 Notícias»Ciência Astrônomo amador fotografa bolha no espaço

São Paulo- Um observador amador fotografou a bela nebulosa NGC 7635, mais conhecida como Bolha, a 7100 anos-luz da Terra.

Larry Van Vleet, da Califórnia, usou um Telescópio RCOS 16 Truss e um Apogee U16M para capturar a imagem no Observatório Sierra Remote , em agosto.

Ao apontar suas lentes para a constelação de Cassiopeia, ele registrou a bolha gigante de gás, uma estrutura que possui 6 anos-luz de diâmetro.

O fenômeno é criado pelos fortes ventos estelares e pela intensa radiação de uma estrela próxima com massa de 10 a 20 sóis e que está se aproximando de seu estado de supernova (ou seja, de destruição). Nessas condições, ela chega a temperaturas de  24.726º C e expele gás a milhares de km por segundo.

Os átomos na nuvem são energizados pela luz ultravioleta emitida pela estrela, fazendo com que a bolha brilhe.

Fonte: Info Ciência


Tags: , , , ,

Telescópio estuda buraco negro na Via Láctea

Categoria: Notícias Escreva um comentário »

Telescópio estuda buraco negro na Via LácteaO GX 339-4 está cercado por um disco de material (em vermelho) sendo puxado de uma estrela vizinha (amarela)

São Paulo- Pesquisadores começam a desvendar alguns dos mistérios que envolvem a formação dos buracos negros ao estudar um corpo a cerca de 20 mil anos-luz da Terra.

O GX 339-4 está próximo do centro da Via Láctea e possui pelo menos seis vezes a massa do Sol e um campo magnético 30 mil vezes mais forte que o da Terra.

Como todo buraco-negro, ele possui matéria tão densa, e tanta gravidade, que nem mesmo a luz escapa de seus arredores. No caso, este corpo é orbitado por uma estrela companheira que o alimenta, fornecendo material que é em parte absorvido e, em parte, liberado em potentes jatos eliminados com quase a velocidade da luz.

Esses jatos revelam muito sobre o ambiente extremo dos buracos negros, e foi justamente para estuda-los que os astrônomos utilizaram o Wide-field Infrared Survey Explorer (WISE), telescópio da Nasa que tira fotos do céu em infravermelho a cada 11 segundos.

Continuar lendo »


Tags: , , ,

Telescópio espacial Kepler descobre planeta com dois sóis

Categoria: Notícias 2 Comentários »

Um planeta com dois sóis é a descoberta mais nova do telescópio espacial Kepler, da Nasa (agência espacial americana). Em um estudo publicado nesta quinta-feira, cientistas mostram como é o novo astro, com tamanho similar a Saturno.

O novo corpo celeste fica no sistema estelar batizado de Kepler-16, na região da constelação da Lira. Suas duas estrelas mães têm tamanhos diferentes; uma possui massa equivalente a 70% o tamanho do Sol e a outra, menos brilhante e de espectro mais avermelhado, de 20%.

Telescópio espacial Kepler descobre planeta com dois sóis

O novo astro com dois sóis, descoberto pelo telescópio espacial Kepler, tem um tamanho similar a Saturno

Sistemas binários, como são conhecidos esses pares de estrelas, são comuns na nossa galáxia e teóricos já havia postulado a possibilidade de planetas orbitarem ao seu redor. Esta, porém, é a primeira vez que astrônomos descrevem isso sem margem de dúvida.

A descoberta do novo planeta foi possível porque o telescópio Kepler observa sua órbita de perfil, e é capaz de perceber a tênue queda de luminosidade cada vez que o planeta eclipsa uma das duas estrelas.

Os astrônomos estudaram a relação gravitacional entre os três objetos celestes ao mesmo tempo

Os astrônomos estudaram a relação gravitacional entre os três objetos celestes ao mesmo tempo

Continuar lendo »


Tags: , , ,

Amadores registram colisões de cometas em Júpiter

Categoria: Notícias Escreva um comentário »

A Nasa – a agência espacial americana – divulgou em Setembro duas imagens registradas por astrônomos amadores de cometas atingindo o planeta Júpiter. As imagens foram registradas em junho e agosto e mostram bolas de fogo criadas pela colisão dos objetos no gigantesco planeta gasoso. As informações são da agência AP.

Amadores registraram momento em que cometas atingiram o planeta gigante

Segundo a agência, a imagem da esquerda foi registrada por Anthony Wesley, morador de Broken Hill, na Austrália, em 3 de junho. Ele utilizou um telescópio de 37 cm. A bola de fogo aparece na direita do planeta como um pequeno ponto.

O segundo registro foi feito por Masayuki Tachikawa, de Kumamoto, no Japão, em 20 de agosto. A colisão aparece na região superior direita, próxima ao centro de Júpiter.

Fonte: Terra Notícias


Tags: , , , , ,

Hubble flagra estrela ‘devorando’ planeta

Categoria: Notícias Escreva um comentário »

Hubble flagra estrela “devorando” planeta

Concepção artística mostra estrela absorvendo matéria do planeta WASP-12b, o mais quente conhecido na Via Láctea

O telescópio Hubble registrou o início do “jantar” de uma estrela na Via Láctea. O prato: o planeta mais quente conhecido na nossa galáxia. Contudo, a refeição não deve ser rápida – os cientistas da Nasa, a agência espacial americana, estimam que vai demorar ainda cerca de 10 milhões de anos até que o planeta WASP-12b seja completamente devorado por sua estrela, a WASP-12.

O planeta está tão próximo de sua estrela que a temperatura nele passa dos 1,5 mil °C e sua forma lembra uma bola de futebol americano. Com uma massa 40% maior que a de Júpiter, o WASP-12b teve sua atmosfera inchada pela ação do calor e está jogando material na estrela.

Segundo a Nasa, a troca de matéria entre dois corpos celestes é comum em um sistema binário, mas é a primeira vez que isso é registrado tão claramente acontecendo com um planeta. “Nós vemos uma grande nuvem de matéria ao redor do planeta, a qual está escapando e será capturada pela estrela. Nós temos também elementos químicos nunca antes vistos em planetas fora do nosso sistema solar”, diz Carole Haswell, da Universidade Open, que liderou os astrônomos. Entre os elementos que a cientista afirma que são absorvidos, estão alumínio, estanho e manganês.

Ainda de acordo com a Nasa, Shu-lin Li, da Universidade de Pequim, já havia teorizado em um artigo que a força gravitacional da estrela havia distorcido a forma do planeta e ele estava tão quente que sua atmosfera havia sido expandida. As observações feitas pelo Hubble confirmam essa teoria, diz a agência espacial.

Fonte: Terra


Tags: , , , , , , ,

Cientista localiza grupo de galáxias supostamente extintas

Categoria: Notícias Escreva um comentário »

Um cientista de uma universidade australiana localizou um grupo de galáxias supostamente extintas e cuja existência contribuirá para entender a origem das estrelas.

“Se não tivéssemos feito essa descoberta, pensaríamos que essas galáxias haviam desaparecido há aproximadamente 5 bilhões de anos”, declarou hoje à Agência Efe Andy Green, que fez o achado enquanto pesquisava para seu doutorado na Universidade de Swinburne, em Victoria.

O estudo foi publicado hoje na nova edição da revista científica “Science”.

Green explicou que o grupo está a “apenas” 1 bilhão de anos-luz da Via Láctea e, por isso, “ninguém esperava encontrá-lo, muito menos tão perto”.

O cientista calculou que nosso universo tem cerca de 14 bilhões de anos (quanto aconteceu o Big Bang) e que a Via Láctea surgiu pouco depois, possivelmente há 10 bilhões de anos.

Continuar lendo »


Tags: , , , , , ,

Estrela causa explosão de raios e surpreende astrônomos

Categoria: Notícias Escreva um comentário »

O sistema binário surpreendeu os astrônomos ao começar a emitir raios gama

Um time de astrônomos descobriu que uma ‘nova’ – uma explosão que ocorre na morte de alguns tipos de estrelas – pode emitir as mais poderosas energias gama conhecidas na natureza. A descoberta é surpreendente, já que não foi previsto anteriormente que as novas poderiam resultar nessa explosão de raios, ao contrário das brilhantes supernovas (explosões que ocorrem no final da vida de uma estrela massiva). As informações são do site da BBC.

As primeiras observações que indicavam estes dados foram feitas por amadores e agora confirmadas por registros do telescópio Fermi – que detecta raios gama. A descoberta vai contra teorias de como as estrelas evoluem e morrem. O estudo foi publicado no jornal especializado Science.

Estrelas maiores costumam morrer com uma gigantesca explosão conhecida como supernova, a qual gera um grande e rápido movimento de partículas em grandes campos magnéticos. A colisão dessas partículas com outras matérias causa os raios gama – a mais enérgica forma da luz.

Continuar lendo »


Tags: , , , , , ,

Nem estrela nem planeta, telescópio descobre objeto inclassificável

Categoria: Notícias Escreva um comentário »

O telescópio espacial Kepler, da Nasa, detectou dois objetos astronômicos que não se encontram em nenhuma categoria conhecida por astrônomos.

Apresentadas no dia5 de janeiro na reunião da Sociedade Americana de Astronomia (AAS, na sigla em inglês), essas entidades que orbitam estrelas são quentes demais para serem planetas, mas muito pequenas para serem consideradas outras estrelas. A temperatura nesses corpos celestes ultrapassa 14 mil graus Celsius.

As principais teorias para a natureza dos objetos englobam os dois extremos do ciclo de vida cósmico. Jason Rowe, responsável pela descoberta, sugere que eles são planetas recém-nascidos, onde normalmente a temperatura é alta.

Já Ronald Gilliland, do Instituto de Ciências do Telescópio Espacial, diz acreditar que os misteriosos objetos sejam estrelas do tipo das anãs brancas que estão morrendo, perdendo camadas exteriores e encolhendo.

Projetado para localizar objetos semelhantes à Terra, o Kepler já achou, em seis semanas de operação, cinco planetas fora do Sistema Solar. Todos porém, são grandes e quentes, mais parecidos com Júpiter.

O menor deles tem aproximadamente o tamanho de Netuno, o quarto maior planeta do Sistema Solar. De acordo com o chefe da divisão de astrofísica da Nasa, Jon Morse, “é apenas questão de tempo até que as observações do Kepler levem a planetas menores e com períodos mais longos de órbita, aproximando-se cada vez mais da descoberta do primeiro deles análogo à Terra”.

Fonte: Folha Online – Ciência


Tags: , , , , , ,